12 março, 2010

Perendev - O motor movido a ímãs!

Você já ouviu ou leu algo sobre o motor de Perendev?

Ok vamos lá, para quem sabe como funciona um motor elétrico comum, sabe que existe um rotor no meio de um eixo que gira conforme o campo magnético é produzido por bobinas elétricas.

Mais se você perceber para o lado da física verá que é um campo magnético que impulsiona o rotor fazendo com que ele gire perpetuamente até que seja cortada sua força. Você pode entender mais sobre os motores elétricos na wikipédia livre clicando aqui.

Na foto acima você pode ver uma ilustração de um motor elétrico conhecido como motor de Perendev, o motor de Perendev é basicamente um motor movido a ímãs, a história é bem antiga, não é uma idéia nova, só que apesar disso não há investimento do equipamento pois é algo que "promete" acabar com a energia que conhecemos hoje em dia. Imagine você ter um gerador na sua casa e não pagar nenhum centavo por isso? pois é, para as pessoas é uma economia de primeira, mais para as empresas que fornecem energia seria um dos maiores prejuízo a revolução desses geradores alternativos.

Então por motivos do "geradores de perendev acabar com a taxa de energia" o projeto é muito pouco conhecido e não se há interesse para construção de geradores alternativos.

ProGreen Opinião:
A maior burrada dos empresários que investem em energia é não investir no motor de Perendev, mais por que? simples, o gerador não precisa ser desenvolvido em pequenas escalas para suprir a necessidades de cada residência, poderia ser desenvolvido somente em grande escala para produção de uma boa quantidade de energia suprindo a necessidade de uma cidade ou região. Mais e o interesse de produção em pequena escala com a fama do gerador? Simples, com é um projeto "complicado" poderiam ser feitos geradores de pequena escala para suprir as necessidades de determinado numero de equipamentos, e vender o equipamento por um preço de acordo com os interesses da empresa que forneceria o equipamento
Como funciona o motor de Perendev?
- Antes de começar a falarmos de como funciona o motor iremos saber um pouco mais sobre os ímãs e suas funcionalidades, veja abaixo uma imagem de um ímã em termos de física:

Na imagem ao lado podemos perceber como é um ímã representado na física, um ímã basicamente tem dois pólos, um Norte e um Sul, o pólo N cria um campo invisível magnético de forma que caminha para o campo sul em um ciclo perpétuo.
Então o campo Sul fica como o receptor, só recebendo o campo Norte e produzindo a recepção magnética do campo Norte.

Obs: Devido a isso o lado N sempre encosta no lado S por que são lados diferentes e força de magnética diferente, já os lados iguais como NN e SS não se juntam devido a sua área de atuação magnética. Então fica como uma regra básica, lados iguais se repelem e lados diferentes se atraem.
Se você tiver mais interesses sobre os ímãs você pode ler um artigo detalhado aqui.

Ok, agora sabendo um pouco sobre os ímãs fica fácil entender como funciona o motor de Perendev, então vejamos abaixo uma imagem ilustrando a base do projeto:


Na imagem acima podemos observar tudo sobre o projeto. O projeto é o seguinte, existe uma roda onde tem 18 ímãs internos na borda da roda, esses ímãs estão colocados de forma oposta, isto é o lado N ou S dos ímãs estão todos virados para fora da roda. Envolta da roda existem uma espécie de 3 "paralamas" onde são moldados da mesma forma da roda, porém ficam envolta da roda em uma distância de centímetros, e são postos da mesma forma que na roda, mais com os lados dos campos magnéticos contra os dos ímãs da roda, exemplo: os ímãs da roda estão com o lado N virado para fora e os ímãs dos "paralama" estão com o lado S virados para o centro da roda. Então entendemos que com a retração dos ímãs e por eles estarem presos a tendência é fazer com que a roda gire, analise detalhadamente como está formado seu campo na imagem acima.

Obs: O projeto é feito com imãs de Neodímio, que são um tipo de ímã puro no mercado que é altamente forte, isto é, o dobro de mais forte do que os ímãs de alto falante, que em algumas escalas você tem de que ter autorização para manuseio, e além disso são caros dependendo dos seus tamanhos.

Veja na imagem abaixo como fica então o motor citado acima em projeto:


Funciona?
-Vocês já devem está se perguntando se isso funciona... Existem provas reais de que o projeto funciona, como você pode ver na imagem acima, ninguém teria investido em esculpir um material em aço e comprar ímãs caros de Neodímio sem que o projeto não funciona-se.

Se você ficou interessado no motor de Perendev, pesquise na internet sobre o assunto em sites de pesquisa e até mesmo sites de vídeos ou acesse o site oficial do projeto no link abaixo e se informe de detalhes desse suposto projeto misterioso.

Site oficial: http://www.fdp.nu/perendev/

17 comentários:

Anônimo disse...

ISSO NUNCA FUNCIONOU.....É UMA FARSA!!!

Marcel dos Santos disse...

Estou empenhado em construir um motor de perendev...breve trago noticias em primeira mão para o blog

Anônimo disse...

É o seguinte... o perendeve sem dúvida alguma é a revolução da eneregia limpa. Mass... Ninguém ta nem ai para isso!!! Eu to tentando construir um protótipo pequeno pra mim, o material é barato mas o que me barra são os imãs de Neodímio... São caríssimos!!! Bem que os caras poderiam baratear esses Imãs pow!!!

IVANILDO disse...

Só acha isso impossível quem não têm capacidade de raciocínio, certamente os inventos de forma geral fica pra quem têm curiosidade, persistência e é claro inteligência, para os demais fica apenas a inveja e a certeza que nunca vai conseguir tal feito.

Dimmi disse...

Tenho lindo bastante sobre o assunto e entendo ser totalmente possível. A força magnética existe e a posição (Lê-se ângulo) dos imãs é que fará a difença.

Anônimo disse...

A prova de que o motor funciona esta aki:

http://www.fdp.nu/perendev/rogercote.asp

Anônimo disse...

Ops link errado

esse é o certo :
http://www.youtube.com/watch?v=_q5ahV_SN-M&feature=related

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=PFGiWiXMHn0&feature=related

Anônimo disse...

E de onde vem essa energia cinetica ?

Anônimo disse...

Do campo magnético, o sistema transforma energia magnétia em cinética.

Pesquisando vi projetos caseiros de geradores heólicos e acho que pode dar certo colocar dois conjuntos de bobinas entre os três discos para utilizar os próprios imãs para dois propósitos.

Anônimo disse...

Muito interessante a ideia, estou pensando em construir um pra feira de ciências da minha escola

REAL DE QUELUZ TMC disse...

Montei um, a dificuldade é conseguir sair do ponto "0", pode ser que funcione mas tem que ter a distancia, e quantidade de imas exatas, e quem tem funcionando, nao posta isso entao fica dificil... o meu montei primeiramente um estator/rotor, fica travado em 2 cm, tipo voce gira levemente ele trava de 2 em 2 cm.... entao entre esses 2cm coloque mais 2 estatores/rotores ai fica travando em menos de 1 cm, no final consegui ele dar 70% da volta totalmente impulsionado mas ainda trava em 30%, entao se alguem tiver o esquema de como fazer os imas sairem do ponto "0", gostaria que enviasse o projeto! nagual@bol.com.br

REAL DE QUELUZ TMC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
REAL DE QUELUZ TMC disse...

um detalhe todos os links dados acima esta em ingles e o que esta escrito é o mesmo problema que estou tendo "para no ponto 0" uma força de reentrada dos imas muito forte que acaba nao impulsionando e travando nesse local, se alguem realmente conseguiu fazer o ROTOR da pelo menos 1 volta completa, apenas com um leve impulso, gostaria que me enviasse o projeto!

Anônimo disse...

gostaria de saber se alguém já tentou utilizar um disco magnético inteiro ao invés de usar vários imas pequenos ....

Brendo Rodrigues disse...

Pra mim acho que o problema é o outro polo do imã, o externo, ele acaba consumindo a energia de repulsão do imã anterior, então o rotor acaba travando, entrando em equilíbrio entre os dois imãs do estator por mais imãs que tenham, acho q o ideal seria colocar uma armadura com metal dielétrico em volta do imã antes de coloca-lo no estator e no rotor. Com isso os polos ficariam expostos então a armadura direcionaria e focaria o magnetismo para a frente dos dois polos, então o polo externo não interferiria no polo do rotor parando o giro. Acredito que o metal correto seria o (mu-metal), uma especie de barrador de magnetismo usado na industria, porém muito difícil de se obter.

Manoel Santos disse...

O meu raciocínio é : se funcionar, será uma catástrofe para o atual sistema econômico e social. VAí implicar numa mudança radical no equilíbrio sócio econômico numa escala infinitamente maior que o da revolução industrial.
Por outro lado, se não funcionar ou se rejeitarmos o seu funcionamento ou simplesmente se engavetermos o projeto tudo continua como está.

Acho muito estranho que apenas pessoas comuns, sem conhecimento científico, fiquem debatendo o assunto na Internet. Acho que esse motor magnético não funciona hoje com a atual conjuntura política-social-econômica mas vai funcionar amanhã quando tais condições mudarem.

Aprendi em Física que um experimento para funcionar precisa das CNTP condições normais de temperatura e pressão. Todavia existem outras condições não menos ou talvez mais importantes para determinadas coisas funcionarem.